Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Indicadores no Modelo3: bottom-line

por jneves, em 03.05.12

Introdução

 

A gestão de um serviço online não é particularmente fácil. Quando se escolhe um indicador chave, é sempre preciso pesar os prós e contras. Para dar um exemplo rápido de um possível indicador-chave, veja-se a facturação. Uma facturação alta é sempre bom: o fornecedor gosta, o banco gosta, investidores interessados gostam. Mas... isso quer dizer que os clientes gostam?

 

A quantificação da utilidade, que não se mede facilmente pela facturação, para nós no Modelo3, é bastante importante. Crucial até. Interessa-nos saber o tempo médio de preenchimento de uma declaração de IRS. Diz-nos se as pessoas se estão a despachar rapidamente ou não.

Interessa-nos, também, saber qual o impacto das optimizações da declaração de IRS, bastante mais que quanto nós ganhamos com isso. Curiosamente, este é o nosso indicador mais polémico: ajuda a preencher tudo com o maior ganho (legalmente) possível não é bem visto por certas partes... Talvez andassem distraídos :-)

 

É importante referir alguns aspectos: as optimizações não se aplicam a todos os casos. Por vezes, até é benéfico não activar nenhuma optimização, o que por si já é uma optimização :-)  E no Modelo3 temos mais optimizações automaticas para a 2a Fase do IRS, que decorre agora em Maio, que para a 1a Fase.

A modalidade gratuita do Modelo3 existe para isto mesmo: será que há alguma optimização a aplicar à declaração? Nada como experimentar gratuitamente, sem compromissos.

 

Há outras coisas que nem contamos como optimização, como por exemplo listar tipos de despesas por nome e não, simplesmente, perguntar o valor das despesas de Educação e Formação. Nem os conselhos que damos através do apoio. Há coisas que a maior parte nós desconhece que pode ser declarada no IRS.

 

A vantagem? Um de muitos casos que recebemos no Apoio ao Cliente: um casal nunca declarou as rendas da sua habitação permanente no IRS porque nunca lhes disseram que podiam. E no Modelo3 viram "Renda". Ligaram a agradecer e a lamentar o facto de, em tantos anos, nunca terem aproveitado este benefício fiscal. 

 

O indicador-chave

 

Bom, afinal qual é o indicador que quero partilhar convosco? Esse indicador é: em quanto é que se traduz a nossa ajuda, concretamente as optimizações automáticas. Ou seja, qual a nossa contribuição para o "bottom line" dos clientes de 2a fase? À data, 245€ em média. Uns mais, outros menos, mas as médias são mesmo assim. Na 1a fase, a média foi de 150€.

 

Na totalidade, já ajudámos mais de 130.000€ a ficar do lado dos contribuintes que entregam a declaração agora em Maio. Acreditamos que isto é que importa a quem subscreve o Modelo3.

 

Relembro, experimentar o Modelo3 é gratuito. Preencha com a informação da sua declaração que o sistema, se detectar que tem alguma coisa a optimizar, apresenta o alerta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53
editado por C.Modelo3 a 3/5/13 às 11:14



Registar

Inscreva-se já!

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Sobre

Com o Modelo3 trate da sua declaração de IRS como se fosse um especialista.

Se quiser ver algum assunto esclarecido no nosso blog, contacte-nos.